quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Coração Envenenado, minha vida com os Ramones


A dica de leitura de hoje, é de um livro que li há algum tempo e que na verdade tinha um certo receio de ler porque ouvi pouquíssimo os Ramones, mas gostava muito da melodia, ainda gosto mas não ouço muitão, assim ohhh!!!, mas posso definir este livro como INTENSO, sim, em toda a sua melancolia e liberdade, intensidade seria algo que lhe impulsiona a finalizar a leitura, cada vez que você ler, dar vontade de ler mais e saber mais.
O livro é uma autobiografia do baixista dos Ramones, Dee Dee Ramone, escrita em parceria com Verônica Kofman, cuja edição nacional conta com o prefácio assinado por André Barcinski, o maior entendedor no Brasil quando o assunto é Ramones. 
 Mesmo com todos os contratempos, a felicidade era a busca infinita que de alguma forma e de sua forma Dee Dee foi em busca, de sua maneira, toda peculiar.
Coração Envenenado está aí para ser devorado por fãs e amantes da boa música em geral. Escrito do mesmo modo que suas canções, de forma direta, simples, mas transbordando emoção e personalidade, o livro, é a história de alguém que aos 12 anos de idade já se considerava um fracassado, mas que mesmo assim conseguiu viver a vida à sua maneira, protegido do mundo apenas pelas lentes do seu óculos escuro e por aquela cara de mau que só ele conseguia ter. Esse deixou saudades...
Kessie, (nome da cadela de Dee Dee), e nome de minha ex cadela (coloquei por simpatia pelo nome, ao primeiro olhar). Sempre que olhava pra ela lembrava do livro, mas ela aparece e desaparece, em suas fugas noturnas, em busca dos dejetos, rotineiros...entre o factual e o fictício, muitas semelhanças.


Fragmentos extraídos de:http://www.mondobacana.com


Beijins.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os preferidos